Municípios de todo o Brasil devem recorrer às Superintendências Regionais de Saúde para solicitarem doses do soro antiofídico.

A Prefeitura de Três Corações, por meio da Secretaria de Saúde, esclarece a população em geral, que o Município não possui o armazenamento de soros Antiofídico, Crotálico e Botrópico e, quando necessário os mesmos são solicitados à Superintendência Regional de Saúde de Varginha, a qual o município é jurisdicionado, seguindo protocolo definido pelo Ministério da Saúde.

De acordo com comunicado enviado pela Diretoria de Vigilância em Sáude da Secretaria de Estado de Saúde a todas as Superintendências Regionais, a produção e distribuição de soros antivenenos, pela FUNED, foram reduzidas em decorrência de vários fatores, como problemas no abastecimento de matérias primas e a adequação aos padrões de Boas Práticas de Fabricação exigidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), o que ocasionou em uma diminuição considerável no repasse aos Estados e consequentemente aos municípios. Com isso, os insumos são repassados, de forma reduzida, às Superintendências Regionais.

Diante dos acontecimentos que culminaram com o óbito de uma senhora no Hospital São Sebastião, há alguns dias, a Prefeitura informa que os procedimentos que eram de responsabilidade da Vigilância Epidemiológica foram corretamente realizados, com o recolhimento do soro na cidade de Varginha e a entrega, do mesmo, ao Hospital dentro do prazo estipulado pelo Ministério da Saúde.

 

SECOM/Texto: Marilene Estrella - 
Três Corações, 04 de abril de 2018.

Compartilhe esta notícia no Facebook

Submit to Facebook
DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd